Translate

sábado, 31 de dezembro de 2016

Resenha: Cress - Crônicas Lunares vol. 3.

Cress - Crônicas Lunares Vol. 3
Marissa Meyer
Rocco

Por Taiana Lopes.


Taiana Lopes.
 Fechando 2016 com chave de ouro, uma de nossas mais brilhantes resenhistas, Taiana Lopes, nos traz Cress, o terceiro volume das Crônicas Lunares, de Marissa  Meyer.
Confiram:

 O terceiro livro da série das Crônicas Lunares nos traz a adaptação da história de Rapunzel, onde Cress viveu por anos aprisionada em um satélite em Luna sendo hacker real, sob o comando da taumaturga Sibyll. Por ter passado muito tempo sozinha, a agarota tem dificuldade em se manter concentrada, especialmente quando na companhia do Capitão Thorne, por quem tem uma paixonite adolescente. Mas quando sua nova equipe e amigos mais precisam dela, a menininha frágil, meiga, inocente e com homor único mostra que não está de brincadeira.
 Na Terra, o Imperador Kai se sacrifica e cede à vontade da Rainha Levana de se tornar Imperatriz, mas não desiste de encontrar a princesa Selene, verdadeira herdeira do trono lunar. Kai também se encontra confuso sentimentalmente, não acredita que Cinder seja uma criminosa e vive a dúvida se ela o manipulou quando se conheceram e flertaram. 
 Cinder, Thorne, Scarlet e Lobo se unem para impedir a Rainha Levana de se tornar Imperatriz da Nação das Comunidades Orientais, mas percebem que uma ajudinha extra seria muito bem vinda. Ao contatar Cress, Cinder planeja um resgate que tem um desfecho inesperado e desesperador.
 A equipe se separa e com isso os personagens têm um desafio: conviver e confiar em quem não tem muita afinidade. Cinder e Lobo encontram o Dr. Dimitri Erland, que ajudou Cinder a fugir da prisão, na África. O médico fez uma descoberta devastadora sobre a letumose (epidemia que a Terra vive há anos).
Apesar da quantidade de personagens na trama, Marissa Meyer consegue dar o devido destaque e espaço para cada um, sem ser maçante, repetitivo ou desconexo.
 O livro tem grandes reviravoltas e prende o leitor do início ao fim. Sem dúvidas é o livro com mais ação, suspense, revelações, emoção e romance. A escrita leve, de fácil compreensão e com uma arte de capa encantadora são detalhes que só enriquecem a obra e deixa a leitura mais saborosa.
No próximo e último livro da série, conheceremos a história de Winter, enteada da Rainha Levana, adaptação do conto de Branca de Neve.

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Para quem gostou de O Diário de Anne Frank, apresentamos A Cor da Coragem.

A Cor da Coragem
Julian Kulski
Valentina


O Diário de Anne Frank se tornou um clássico entre os livros que narram os horrores da II Guerra Mundial. Então, aqui apresentamos um outro livro que provavelmente se tornará outro marco dentro do assunto. Confira:

 "A COR DA CORAGEM tem tudo para se tornar um clássico como O Diário de Anne Frank, A Lista de Schindler e O Menino do Pijama Listrado. Uma obra inesquecível, um novo marco na historiografia sobre o nazismo e o holocausto, um raro e fascinante mergulho na Segunda Guerra Mundial pelo olhar de um menino soldado.

Em 1º de setembro de 1939, a Alemanha invade a Polônia. É o início da Segunda Guerra Mundial. Em poucos dias, Varsóvia se rende aos alemães, soldados poloneses depõem suas armas, a cidade já é um amontoado de escombros.
Julian Kulski é um menino polonês de apenas 10 anos de idade. Filho do vice-prefeito de Varsóvia, escoteiro ousado e entusiástico, ele tem a firme convicção de que deverá lutar contra o Invasor.
A cor da coragem é o diário de Julian Kulski, a história de seu amadurecimento durante os cinco anos da brutal ocupação alemã. Diferentemente do diário de Anne Frank, narrado a partir da sua clausura no esconderijo de um prédio em Amsterdã, o de Julian Kulski se passa nas ruas de Varsóvia, no front, no combate cara a cara com o inimigo, no infame Gueto onde se encontram seres humanos famintos, desesperados e doentes à mercê de todo tipo de tortura, do enforcamento, do fuzilamento, da câmara de gás..."

Novo Livro de Veronica Roth. Confiram!

Lançamento e Pré Venda

Crave a Marca
Veronica Roth
Rocco

 Para os fãs de divergente e Veronica Roth, em 17/01/2017 a Rocco trará Crave a Marca, a nova série da autora, mas o livro já está em pré venda nos melhores sites, em formato físico ou ebook. Confira a sinopse:

"Não há lugar para a honra na sobrevivência.
Fãs de Star Wars e Divergente vão adorar a nova série de fantasia e ficção científica da escritora best-seller internacional Veronica Roth.
 
 Em um planeta onde a violência e a vingança imperam, em uma galáxia onde alguns são afortunados, todos desenvolvem habilidades especiais – o dom-da-corrente – um poder único para moldar o futuro. Enquanto a maioria se beneficia desses dons, Akos e Cyra não. Seus dons-da-corrente os tornam vulneráveis ao controle dos outros.

Será que vão conseguir recuperar o controle de seus dons, de seus destinos e das próprias vidas, e ainda instaurar o equilíbrio de poder no mundo?


Cyra é irmã de um tirano brutal que governa o povo de Shotet. Os dons especiais da jovem causam dor, mas trazem poder – algo explorado por seu irmão, que a usa para torturar seus inimigos. Mas Cyra é muito mais do que uma arma na mão do irmão: ela tem uma resistência fora do comum, o raciocínio rápido e é mais esperta do que ele imagina. Akos vem de Thuvhe, a nação amante da paz, e a lealdade à sua família não tem limite.

Mesmo protegido por um dom especial incomum, Akos não evita que ele e seu irmão sejam capturados por soldados inimigos shotet. Akos se desespera e quer resgatar o irmão vivo, não importa a que custo. Quando Akos é empurrado para o mundo de Cyra, a inimizade entre seus países e famílias parece intransponível. Acreditando ser a única saída, Akos decide se unir a Cyra. Uma união que pode resultar na sobrevivência – ou na destruição de ambos…

Numa narrativa eletrizante, no viés de Star Wars e Divergente, Veronica Roth explora – com equilíbrio e pungência – a história de um jovem que faz uma aliança com o inimigo para escapar da opressão que governa sua vida. Juntos, partem em busca de seus únicos objetivos: para um, a redenção; para o outro, a vingança."

Amazon 

Lançamento: O Clube de Leitura de Jane Austen

Lançamento em Janeiro de 2017 - Sinopse

O Clube de Leitura de Jane Austen
Karen Joy Fowler
Rocco


 A Rocco lança em janeiro próximo O Clube de Leitura de Jane Austen, de Karen Joy Fowler, que inspirou o filme de mesmo nome e já está em pré venda na Livraria Saraiva.
 "O livro conta a história de cinco mulheres e um homem se reúnem para debater as obras de Jane Austen na Califórnia do início dos anos 2000. 
 O filme, uma comédia de costumes contemporânea, mostra que, dois séculos depois, os relacionamentos afetivos e sociais continuam ocupando o centro de nossas vidas. Ou seja: mudam os códigos que regem as
relações, mudam as regras de comportamento, mas na essência continuamos lidando com o sonho de encontrar o par perfeito (ou pelo menos de viver um amor “que seja infinito enquanto dure”) e de sermos aceitos – e com as consequências de nossas escolhas. O que talvez justifique a atualidade da autora inglesa.
No livro, ao longo dos seis meses em que o eclético grupo se encontra para ler e discutir os romances de Jane Austen, casamentos são testados, novos romances vêm à tona, arranjos sociais e afetivos se fazem e desfazem, e os personagens acabam se dando conta de que suas vivências não são assim tão diferentes das experimentadas por Emma ou outras de suas protagonistas. E aprendendo com elas.
Com um olhar apurado e sensível para as fragilidades do comportamento humano e o quê de absurdo das convenções sociais, Karen Joy Fowler disseca as relações contemporâneas com acuidade, humor e ironia dignos da autora britânica. Uma homenagem a uma das maiores escritoras da língua inglesa e uma deliciosa comédia de costumes dos nossos tempos. Entre para O clube de leitura de Jane Austen, leitura perfeita para começar 2017."

 Eu vi o filme e gostei muito. Com certeza o livro me agradará também. 

Em pré venda na Saraiva 

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Lançamento: Escândalos na primavera.

 O novo livro de Lisa Kleypas, Escândalos na Primavera, está previsto para o dia 9/01/2017, pela Arqueiro. O Livro fecha com chave de ouro a Série As Quatro Estações do Amor. Segue a sinopse:

 "Daisy Bowman sempre preferiu um bom livro a qualquer baile. Talvez por isso já esteja na terceira temporada de eventos sociais em Londres sem encontrar um marido. Cansado da solteirice da filha, Thomas Bowman lhe dá um ultimato: se não conseguir arranjar logo um pretendente adequado, ela será forçada a se casar com Matthew Swift, seu braço direito na empresa.
Daisy está horrorizada com a possibilidade de viver para sempre com alguém tão sério e controlador, tão parecido com seu pai. Mas não admitirá a derrota. Com a ajuda de suas amigas, está decidida a se casar com qualquer um, menos o Sr. Swift. Ela só não contava com o charme inesperado de Matthew nem com a ardente atração que nasce entre os dois. Será que o homem ganancioso de quem se lembrava era apenas fachada e ele na verdade é tão romântico quanto os heróis dos livros que ela lê? Ou, como sua irmã Lillian suspeita, o Sr. Swift é apenas um interesseiro com algum segredo escandaloso muito bem guardado?"

domingo, 18 de dezembro de 2016

Resenha: Valsa Maldita

Valsa Maldita
Tess Gerritsen
Record

 Li este livro em poucas horas. Sim, poucas horas, tão fascinante que é! O livro é um relato paralelo das vidas de Julia Ansdell, uma violinista que encontra uma partitura pela qual se apaixona em um antiquário em Roma, é Lorenzo Todesco, o jovem, também violinista, que a escreveu. 
 Ao tocar a valsa, coisas estranhas acontecem e Julia começa a procurar respostas. Aparentemente sua filha Lilly, de apenas três anos, é afetada nefastamente pela música, Incendio, e várias agressões são sofridas por Julia que crê que a pequena não a ama mais e tem algo de maligno dentro de si. Todas essas conjecturas nos levam a conhecer a comovente história de Lorenzo, que fora levado a um "campo de concentração" e forçado a tocar, junto a outros músicos, para os nazistas nos idos anos de 1943 e 1944. Eles tocavam muito alto para que os nazistas não ouvissem os gritos dos prisioneiros que, sobrevivendo a torturas e mesmo à tentativas de execução, eram cremados vivos em San Sabba.
 Nas idas e vindas em busca da verdade, Julia acaba descobrindo poderia ser a chave da descoberta de um oficial nazista, criminoso, que se escondera por muito tempo e cujo neto está prestes a se tornar primeiro ministro na Itália.
 Mas muita coisa está por trás da descoberta de Incendio. Nada é o que parece.
  Um livro realmente muito envolvente, que nos leva às agruras da II Guerra mundial e às injustiças ocorridas na época. A família de Lorenzo, judia de Veneza, fora levada para a Polônia, onde foi morta, sendo Lorenzo separado dela por ser violinista. Incendio, a valsa composta na trama por Lorenzo, foi na vida real composta pela própria autora, Tess Gerritsen. No livro ela era uma espécie de tributo aos que perdiam suas vidas em San Sabba.
 Recomendadíssimo! 

 A violinista Yi-Jia Susanne Hou executa magistralmente Inferno. Para escutar uma amostra ou para download acessem:


Tess Gerritsen, ao piano, e Joerg Widmoser, ao violino, executando Incendio:


 

domingo, 13 de novembro de 2016


Scarlet - Crônicas Lunares (Vol. II)
Marissa Meyer
Rocco
Por Taiana Lopes

 O segundo livro de Crônicas Lunares conta a história de Scarlet Benoit, uma jovem de cabelos ruivos e moletom vermelho que vive numa fazenda no Sul da França com sua avó. Após o desaparecimento da última, Scarlet se vê nas mãos de Lobo, um lutador de rua charmoso que lhe oferece a ajuda que a polícia não deu, e juntos iniciam uma aventura até a capital francesa onde no caminho um improvável romance acontece.

 Diferente da primeira personagem da trama (vide resenha de Cinder), Scarlet tem uma personalidade muito forte, anda armada, é determinada e sempre teve a liberdade que quis.
 Nessa adaptação de Chapeuzinho Vermelho, a vovozinha não é tão inocente: a ex piloto militar das Nações Europeias guarda segredos sobre a princesa Selene que muito interessam à Rainha Levana e à Cinder, que vai atrás de respostas em Paris e encontra apenas a neta de Benoit desesperada.
 Marissa Meyer mais uma vez prende a atenção do leitor do início ao fim, intercalando os personagens já conhecidos como Cinder e o imperador Thorne
e  seus novos companheiros Scarlet e Lobo na busca por uma salvação para a Terra.
Taiana Lopes
 Assim como em Cinder, a história "termina" com um gostinho de quero mais e nos leva ao terceiro livro da franquia de contos de fadas futuristas, Cress, personagem que já foi apresentada no primeiro livro. 
 Recomendadíssimo!

 Taiana Lopes é jornalista e cobriu as Paralimpíadas de 2016 no Rio de Janeiro. Escreve como ninguém e estamos esperançosos de que ela faça a resenha do terceiro livro, já que arrasou nas resenhas de Cinder e Scarlet!

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Resenha



Guerra das Raças – A Caça aos Desertores

Daniel Jahchan

Novo Século – Talentos da Literatura Brasileira



 O mundo está em guerra. A busca pela paz é constante e dura. Ikarus mora no Vale com os pais e sua irmã Zia. Sua vida parece patética, tendo que levantar cedo e trabalhar na colheita. Tudo muito chato para um rapaz de quatorze anos. Mas Ikarus se envolve na busca pelos pais de Adele, uma elfa corajosa e triste, e descobre que há muito mais por trás de sua simples vida. Quando sua “vila” é destruída por Daemons, ele e seus amigos
Adele, Luke e Théo, um anão muito complicado, e sua irmã Zia partem em busca de uma solução. Então encontram Trótz, um donmen, um homem poderoso, que lhes mostra a verdade de suas existências: Zia e Ikarus são filhos de um Daemon e de uma angeli, o que os torna nephilim, seres poderosos. De agora em diante, os jovens seguem em busca de uma união entre anões, homens e elfos para enfrentar os daemons e, quem sabe, encontrar a paz.
 Um livro audacioso e imaginativo que agradará muito aos apreciadores do gênero. Daniel Jahchan apresenta uma história cheia de aventura e bravura. Aventure-se.

terça-feira, 4 de outubro de 2016

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Livro de Jojo Moyes inédito no Brasil, “O som do amor” será lançado em novembro!

 

O ano de Jojo Moyes na Intrínseca foi bem animado. Em abril, lançamos Baía da Esperança, em junho assistimos à incrível adaptação de Como Eu Era Antes de Você. Em julho e setembro, publicamos duas obras inéditas,O Navio das Noivas e Nada Mais a Perder, e recentemente a autora alcançou a impressionante marca de 1,5 milhão de exemplares vendidos no país. Mas as surpresas não acabaram. Em 4 de novembro chega às livrarias mais uma obra inédita de Jojo no Brasil: O som do amor.

Publicada originalmente em 2008, a obra acompanha o casal Matt e Laura McCarthy, que estão obcecados em herdar a Casa Espanhola – uma construção malcuidada e quase em ruínas, propriedade do Sr. Pottisworth. Entretanto, quem acaba herdando a casa é uma parente distante, Isabel Delancey.
Primeiro violino na Orquestra Sinfônica Municipal, em Londres, Isabel tinha uma vida tranquila com seus dois filhos e o marido, mas tudo virou de cabeça para baixo quando ele morreu em um acidente de carro e deixou uma grande dívida. Sua única oportunidade de recomeço é fincar moradia na Casa Espanhola — algo que o casal McCarthy vai tentar impedir a qualquer custo.
O som do amor é um romance sobre obsessão, manipulação, segredos e paixões. Por meio de personagens carismáticos e capazes de tudo para realizar seus objetivos, Jojo Moyes mantém seu estilo inconfundível em uma brilhante história de recomeços.

 

Livro de Jojo Moyes inédito no Brasil, “O som do amor” será lançado em novembro!

Livro de Jojo Moyes inédito no Brasil, “O som do amor” será lançado em novembro!: Saiba mais sobre o novo livro da autora de Como eu era antes de você!

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Labirinto
Dark Side
Jim Hanson/ A.C.H. Smith

A DarkSide Books desenterra mais um clássico e traz o livro com a versão romanceada do cult movie de 1986, Labirinto - A Magia do Tempo Dizer que Labirinto é o trabalho de um gênio não seria o suficiente para definir essa inesquecível história. O mais correto seria usar o adjetivo no plural: Labirinto, o filme, contou com um verdadeiro time de gênios. E se você pensa que estamos exagerando, que tal conferir sua ficha técnica?

 A história foi idealizada e dirigida por Jim Henson, o criador dos Muppets, Vila Sésamo e Família Dinossauro. Quem assinou o roteiro foi Terry Jones, um dos fundadores do revolucionário grupo de humor inglês Monty Python. George Lucas – ele mesmo! – coproduziu o longa-metragem. E no elenco, dois nomes de peso. A começar pela encantadora Jennifer Connelly, de Hulk, Rocketeer e Uma Mente Brilhante. Jennifer ainda era uma adolescente em Labirinto, mas já começava a brilhar após ter sido recém descoberta pelo mestre Sergio Leone, que a dirigiu na obra-prima Era Uma Vez Na América. Claro que o grande astro do filme foi o imortal David Bowie, em um dos seus papéis mais marcantes no cinema: o de Rei dos Duendes.
A história é aquela a que você deve ter assistido um milhão de vezes na Sessão da Tarde, a menos que tenha passado sua infância em Marte ou na Sibéria. E ainda assim, Labirinto, o livro, é capaz de lhe surpreender como se fosse a primeira vez.
A jovem Sarah não aguenta mais servir de babá para seu meio irmão, o pequeno Toby, e como brincadeira deseja que o bebê chorão desapareça. O que deveria ser apenas uma provocação acaba se tornando real como um pesadelo. O Rei dos Duendes atende prontamente ao seu pedido, e leva o menino para um universo paralelo configurado como um gigantesco labirinto.
Agora, Sarah precisa correr contra o tempo se quiser mesmo salvar seu irmão. Ela só tem até a meia-noite para impedir que Toby se transforme de vez em um duende. E, na verdade, Jareth tem outros planos para Sarah: ele está a procura de uma rainha para ficar ao seu lado e ser amada por todos na Cidade dos Duendes.

A edição da DarkSide é com aquele padrão de qualidade quase psicopata, do jeito que os fãs já estão acostumados desde o lançamento de Os Goonies, em 2012, o primeiro título da editora. Labirinto vem em capa dura, com o design inspirado no livro que a personagem de Jennifer Connelly lê no filme.
Atravesse novamente o Labirinto e se emocione com a narrativa fantástica de Jim Henson, transcrita para o papel nas mãos habilidosas do poeta e dramaturgo britânico, A.C.H. Smith. A edição apresenta ainda, pela primeira vez, as ilustrações dos duendes feitas por Brian Froud, que trabalhou no filme, além de trechos inéditos e nunca vistos com 50 páginas do diário de Henson, detalhando a concepção inicial de suas ideias para Labirinto, comemorando os 30 anos do filme em grande estilo.

Eu simplesmente AMO este filme! E estou ansiosa para ter o livro! Vale muito a pena! 

 




segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Sem Limites: A Incansável Busca pelo Prazer de Vencer



Muito mais que uma autobiografia, Sem Limites é um manual e fonte inspiração para todos que possuem metas e objetivos audaciosos.

O maior atleta olímpico mundial, Michael Phelps, relata em seu livro tudo o que precisou fazer até a conquista das oito medalhas de ouro nas Olimpíadas de Pequim, em 2008. Traz sua rotina de treinos, desafios pessoais e profissionais. Fala sobre sua história familiar, seus erros e acertos enquanto ser humano. Transparece que apesar de ser uma máquina na água ele é humano como todos nós, que tem dias bons e ruins, que sente dor, e que adora um desafio.

O garoto com déficit de atenção com hiperatividade aprendeu desde cedo a canalizar toda sua energia no esporte. Phelps revela seus métodos de concentração e foco, e incrível disciplina. Conta sobre sua relação com primeiro e único técnico Bob Bowman, uma história bonita de se ler como de pai e filho.

O livro traz o dia a dia durante os Jogos Olímpicos de Pequim e em forma de flashbacks traz tudo que o atleta preciso enfrentar, fazer para chegar ali e ser tão bem sucedido.

Ao terminar a leitura você passará admirar o ser humano que há por trás do nadador e a respeitar mais o atleta fenomenal que é Michael Phelps, e se sentirá entusiasmado para começar/recomeçar suas grandes empreitadas da vida.

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Resenha - Sedução da Seda



Sedução da Seda
As Modistas - 1 
Loretta Chase
Arqueiro



 Marcelline Noirot é uma mulher ambiciosa. Ela, junto com suas irmãs Sophia e Leonie, é proprietária da Maison Noirot e confecciona lindos vestidos para damas da sociedade londrina dos idos anos 1800 e deseja ter cada vez mais prestígio. Para isso, almeja ter a atenção de Lady Clara Fairfax que, diz-se, seria a futura noiva de Gervaise Angier, o sétimo duque de Clevedon. Para isso Marcelline se desloca até a França, onde procura chamar a atenção do mesmo para que ele convença Clara a ser sua cliente, o que consegue, devido à sua beleza, elegância e educação, mesmo sendo uma mulher voluntariosa. Só que o duque se mostra muito atraído por ela e seu coração também começa a fraquejar diante daquele homem poderoso e atraente, cujos olhos verdes a fascinam. Enfim, um turbilhão de sentimentos envolve os dois e põe em risco os planos de Marcelline.


 Sedução da Seda é um romance de época, o primeiro volume da série As Modistas,  muito agradável de se ler. Uma leitura fácil, onde a autora nos leva ao sonho, falando de vestidos, carruagens, amor e sexo de uma forma apaixonante e nada chocante ou constrangedora.

 Confesso que sentia um pouco de saudade desse tipo de romance, onde a protagonista é envolta em uma série de acontecimentos que levam a crer que seu amor é impossível e o ser amado é um gentleman impetuoso que faz tudo por ela. Marcelline e Gervaise vivem discutindo, cheios de “picuinhas” um com o outro, no entanto podemos notar a afeição que começa a existir entre os dois, uma cumplicidade natural que nos faz rir ao invés de acahr que tudo vai mal.

Loretta Chase
 Sinto-me ansiosa à espera dos próximos volumes Escândalo de Cetim, Volúpia de Veludo e Romance entre Rendas. Que venham logo, pois este primeiro volume é incrível!



Sobre a Autora:



Loretta Lynda Chekani nasceu em 1949 numa família albanesa. Assim que aprendeu a escrever, passou a pôr no papel as histórias que inventava. Formou-se em inglês pela Clark University, onde trabalhou meio período como professora, ao mesmo tempo que escrevia roteiros. Foi quando conheceu um produtor que a inspirou a publicar suas histórias. Os dois acabaram se casando. Com o sobrenome do marido, Loretta Chase vem publicando romances históricos desde 1987, pelos quais ganhou vários prêmios, inclusive o RITA, da Associação Americana de Escritores de Romances, por O Príncipe dos Canalhas.


Arquivo do blog