Translate

sábado, 23 de setembro de 2017

Minidocumentário de Tammy Luciando sobre a Bienal 2017 emociona!

 Que vídeo lindo! Tammy Luciano sempre incentiva as pessoas e foi muito lindo esse papo com autores, blogueiros e público.
Eu só tenho a agradecer a essa mulher fascinante, que não tem problema algum e nos dar um espaço, autores e/ou blogueiros que somos, e, principalmente, aos leitores. Acho maravilhoso esse reconhecimento que ela dá aqueles que impulsionam suas obras e é por isso que sempre será um sucesso.
Tammy Luciano, mil vezes e eternamente obrigada pelo carinho!
 
 

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Carmim na Bienal Internacional do Livro no Rio de Janeiro.

  
Lançamento de Carmim, de Catarina Muniz.



Catarina Muniz
 A Bienal Internacional do Livro no Rio de Janeiro acontecerá de 31/08 a 10/09 no Rio Centro, localizado à Av. Salvador Allende, 6555, Barra da Tijuca, e trará diversos autores incríveis, entre eles estará a linda Catarina Muniz, autora de A Dama de Papel (leia a resenha aqui ), que lançará seu livro Carmim, cuja resenha você pode ler aqui , neste blog.
 O livro será lançado no Stand da Ler Editorial, no dia 02/09, às 16h.
 Vamos conferir? A autora autografará e é de uma simpatia imensa!

 Sigam o evento:

domingo, 6 de agosto de 2017

Resenha : Palavras Seletas.

Palavras Seletas
Dayenne Machado
Amazon


 Palavras Seletas é um livro especial. São poesias encantadoras, odes ao amor. Hoje em dia está muito difícil a poesia ter lugar em nossas vidas tão conturbadas e agitadas. Dayenne Machado veio e trouxe esse mimo, esse livro que é um descanso aos corações e, ao mesmo tempo, um grito de liberdade aos sentimentos mais profundos de um ser humano. 
 Eu demorei a ler esse livro, não porque seja difícil ou coisa assim, mas porque eu queria saboreá-lo, me perder nas palavras, descansar nas letras e com minha vida corrida isso não estava sendo possível. Agora, depois de ter me deixado levar nas ondas calmas das palavras de Dayenne Machado e suas Palavras Seletas, pretendo deixar entrar mais poesia em minha vida.
 Recomendadíssimo!

domingo, 30 de julho de 2017

Nova Resenha: O Demonologista, por Felipe Mendes

O Demonologista
Andrew Pyper
DarkSide

 O livro conta a história de David Ulman, um renomado professor da Universidade da Columbia, especializado na figura literária do “Diabo”.
 David baseia suas pesquisas principalmente na obra-prima de John Milton – Paraíso Perdido.
 Ele aceita um convite para testemunhar um fenômeno sobrenatural em Veneza “ que seria de extrema importância, tanto para a Humanidade quanto para a carreira pessoal de David”, mas para David Tudo não passa de mera mitologia.
 Aproveitando o tempo que teria na cidade turística italiana, ele leva sua filha de 12 anos junto, ´para algumas férias. Mas o que seriam apenas alguns dias de folga se tornaram uma corrida desesperada para resgatar a criança, que desaparece em estranhas circunstâncias, fazendo David mudar sua opinião sobre tudo o que um dia ele duvidou existir.
 A história não chega exatamente a ser assustadora, mas há momentos perturbadores que farão com que leitores mais impressionáveis se arrepiem.
 Super indicado!



quarta-feira, 26 de julho de 2017

A Última Casa da Rua, por Felipe Mendes

Temos um novo colaborador no Para Gostar de Ler: Felipe Mendes. Eles nos traz uma resenha sensacional! Confiram:

A Última Casa da Rua
Lily Blake, Jonathan Mostow e David Loucka
ID Editora

  A Última Casa da Rua é um livro baseado em um filme bem bacana... Encontrei este livro em uma feirinha num shopping aqui próximo e custou bem baratinho. Eu já tinha assistido o filme, por isso me chamou atenção a capa dele. E reparem quem é a atriz principal hahaha, ela mesmo Jennifer Lawrence Enfim vamos direto ao ponto, vocês sabem que gosto de ser direto. Elissa e a mãe se mudaram pra uma cidade do interior dos estudos unidos, com a ideia de se aproximarem mais como mãe e filha, pois Elissa tinha se afastado da mãe após a morte do pai. Elas mudaram-se pra uma casa próxima onde avia acontecido um duplo homicídio cometido por uma garotinha chamada Carrie Anne que matou seus pais e desapareceu. Em busca de amizades Elissa acaba conhecendo o irmão de Carrie Anne e atual morador da casa ao lado (Ryan Jacobsen) após uma festa onde Elissa acaba pega do uma carona com o rapaz. Ryan era solitário um cara solitário e carente e encontra em Elissa uma ótima companhia e os dois acabam se envolvendo em um romance perigoso onde Elissa não sabe o que a aguarda. O livro e o filme são ótimos e apesar de ser baseado no filme, o livros é rico em detalhes que não existem no filme e responde muitas dúvidas de quem assistiu o filme. Para quem nunca assistiu recomendo e para quem nunca leu, recomendo também. 
 
Conheçam Felipe Mendes:

Felipe Mendes tem 19 anos, leonino, ama fazer amizades. Considera-se um colecionador de livros, gosta de ter todos em sua prateleira e os guarda com muito cuidado. Costuma escolher meus livro pelo título, capa ou muitas vezes pela edição, exemplo, os livros da Darkside Books. Não é um crítico literário, é um degustador dos livros que se propõe a ler, já que não costuma ler muitos livros por mês, no máximo dois livros, pois gosta de apreciar a leitura e muitas vezes ler bem devagar, aproveitando a essência do livro.
 Hoje é dono e ADM de um Instagram literário que se chama @iloveboocks, cujo nome será trocado no final de julho. Tem planos pra um futuro canal que brevemente estará pronto. Está sempre em busca de novas parcerias tanto pra o ajudar a crescer como pessoa, como pra difundir a literatura no Brasil.

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Levana - Resenha por Taiana Lopes.



Levana – A rainha mais bela
Coleção Crônicas Lunares 

Marissa Meyer 
Rocco

O spin-off das Crônicas Lunares conta a história da rainha Levana, sua infância, adolescência, e início de reinado. Temos a adaptação da rainha da Branca de Neve, com várias referências de forma sútil e ao mesmo tempo marcante, assim como nos outros livros da saga. Levana não era herdeira legítima do trono de Luna, e sim sua irmã mais velha a princesa Channary – mãe de Cinder -  quem sempre a oprimiu e até torturou usando o glamour por ser mais velha.

Apesar de toda crueldade relatada nos quatro livros antecessores (Cinder, Scarlet, Cress, Winter), Levana nem sempre foi tão perversa, e nesse livro vemos o lado adolescente apaixonada e até possessivo, quando ela se apaixona pelo guarda real Evret. Um romance que tem grandes traumas e manipulações emocionais entre uma princesa, um guarda real viúvo que tem uma filha, Winter, do seu casamento anterior. Inicialmente Levana parece apenas uma jovem com vida sofrida, traumatizada e que se torna má por conta disso, porém a perversidade já fazia parte de quem ela é, do que queria.
O reinado da rainha Channary é curto, e fica para a irmã a missão de ser rainha regente até que Selene (Cinder) tenha idade para assumir o trono aos 12 anos. Nesse meio tempo Levana toma gosto pelas questões políticas, melhora a economia de Luna. O poder lhe sobe à cabeça, e a vida da princesa Selene começa a correr perigo. O suposto acidente onde Selene morre, ou Cinder nasce, como preferir, é relatado em detalhes no livro e finalmente vemos a rainha Levana com seu jeito maquiavélico já conhecido.
Luna enfrenta questões internas complexas e a Terra passa a ser um alvo para a rainha, que faz de tudo para conseguir o que quer. Ainda no reinado de seus pais, são apresentados os projetos da doença mortal aos terráqueos, a letumose, e a criação do exército meta-humano de lobos, projetos que Levana fez questão de manter e aprimorar para ter o governo terráqueo nas mãos.
Personagens secundários já conhecidos como Jacin – guarda de Winter e seu amigo de infância, o Dr. Erland – pai de Cress e cientista responsável pela pesquisa com Ciborgues do palácio, o avô de Scarlet quem salvou Cinder e a levou para Terra, e a temível taumaturga Sybil Mira aparecem trazendo todo um charme e contextualização para a trama muito bem escrita de Marissa Meyer, que mais uma vez foi competente ao adaptar contos de fadas. Vale ressaltar que a arte da capa é uma das belas e enigmáticas, até mesmo arrepiante. Diferentemente dos outros livros, nesse não há divisão por capítulos e a história é narrada pela própria Levana e em terceira pessoa – já que não há outro personagem principal para fazer a divisão.


 



Taiana Lopes é coordenadora e editora chefe na empresa Noticiário Paralímpico e tem seu próprio canal no Youtube onde fala sobra suas experiências como amputada. Vale a pena assistir:

segunda-feira, 26 de junho de 2017

quarta-feira, 21 de junho de 2017

FML Pepper, autora da Trilogia Não Pare!, lança novo livro!

Treze
FML Pepper
Galera Record

 FML Pepper, autora da Trilogia Não Pare!, está lançando, agora pela Galera Record, um novo livro, Treze. Este vem com um brinde de pré-venda: um pingente lindo! 
Confiram:

Sinopse:

 "Rebeca, uma garota sem escrúpulos ou fé, criada para ser uma ladra. Códigos decifrados. Uma conta milionária invadida. Diamantes. Desaparecer do mapa. O esquema para o maior golpe de sua vida é irretocável, perfeito... até encontrar Madame Nadeje, a enigmática cartomante do decadente parque de diversões. Ouvir seus segredos mais íntimos seguidos de profecias
perturbadoras, entretanto, não impedem Rebeca de ir adiante e... pagar o preço! Seu mundo matemático e lógico desmorona ao enfrentar as previsões da vidente, e sua vida se transforma em um pesadelo. Caçada por criminosos, a jovem acredita que a saída está no treze, o número agourento lançado em forma de charada que, contra qualquer lógica, é justamente o caminho a seguir e, quem sabe, sua salvação.
Karl, um orgulhoso e passional lutador de MMA, passa por uma grande decepção. Incapaz de aceitar derrotas, ele comete um erro estúpido e, de herói, se torna vítima em segundos. Um acidente deixa em seu cérebro um coágulo inoperável que pode se romper num piscar de olhos, a vida por um fio. Determinado a esconder a terrível condição de todos, ele resolve levar uma vida tranquila e passar longe de brigas. Um plano perfeito... até conhecer Rebeca! Por ela, Karl seria capaz de jogar toda precaução pelo ralo, seria capaz de tudo, inclusive aceitar que a derrota pode ser a sua salvação.
O que fazer quando a sorte se transforma em infortúnio e o azar é a resposta para tudo? Olhe bem de perto e tente decifrar o enigma. Mas não se deixe iludir: a resposta está muito além do número que cintila dentro bola de cristal.
Muito além do... treze!"

Adquira já! Link para a pré-venda. 

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Entrevista com Kézia Martins, autora de O Jogo da Verdade.



Entrevista: Para Gostar de Ler e Para Gostar de Ler Brasil ( E todas as Redes Sociais ligadas)

Estamos aqui entrevistando Kézia Martins, autora de O Jogo da Verdade, um lançamento de sucesso.

Vamos às perguntas:

1- Qual é a sua inspiração na hora de escrever? Já se inspirou em outros autores para escrever?

 Eu me inspiro no cotidiano meu e de outras pessoa, na vida em si para ser mais exata. Cada pessoa que eu vejo leva um pouco da historia que crio no momento. Já me inspirei em uma escritora.

2- Cite três escritores nacionais e três internacionais que você admira. Que livro e autor você acha que todos deveriam ler pelo menos uma vez na vida? 

Internacionais: Sophia Kinsella, JK Rowling, Nicola Yoon. Nacionais: Carina Rissi, Samanta Holtz, Raiza Varella.

Nossa que dificil, tem tantos livros bons. Mas vou citar um que li recentemente e amei. O sol também é uma estrela, da Nicola Yoon.


3- O que você acha de seus leitores? 

Cada um é uma pequena inspiração. Até mesmo pra minha vida. As historias que eles contam, os agradecimentos e ate mesmo as criticas que eles colocam, tudo isso me faz ver que tô no caminho certo porque tem gente que gosta do que faço e se identifica. Eles são o motivo pra eu estar aqui hoje e continuar.

4- Qual foi o livro que te fez entrar no mundo da leitura? 

O que conseguiu me prender de fato e continuar lendo e procurando nossas leituras foi Harry Potter. Depois que li esse livro minha vida mudou.

5 - Você tem inspiração ou ajuda de outros autores para escrever? 

Inspiração. Quando tenho duvidas e quero saber de alguma coisa mais especifica vou no Google ou pergunto pra algum colega escritor ou grupo de escritores. Isso é uma coisa bem legal, ver tanta gente do ramo se ajudando.

6 - Você já se inspirou em alguma música ou banda para escrever?

 Não. Eu não consigo escrever ouvindo musica kkkk Quando presto atenção na letra não chega a ser tanto pra criar uma história ou texto.

7 - Você teve alguma dificuldade para publicar seu livro? 

Estou tendo até hoje haha, até porque esse livro está publicado na plataforma wattpad. Pra publicar em uma editora você deve ter uma bela quantia de dinheiro guardado.

8 - Como você lida com comentários negativos sobre seus livros? 

Levo numa boa. Na verdade eu até agradeço. Gosto muito de receber comentários positivos, mas isso não ajuda a melhorar a historia, o meu jeito de escrever. Se a pessoa diz que não gostou de algo e isso for construtivo vou levar a serio e colocar isso no próximo livro. Até porque a pessoa não disse por mal, mas pra ajudar.

9 - Se eu fosse para uma ilha deserta eu levaria...

 muita comida haha

10 - Qual o seu livro preferido na atualidade? 

É uma serie, As Crônicas lunares.

11- Qual seu maior sonho como escritora? 

Conseguir mudar a vida das pessoas. Conseguir ajuda-las com minhas historias. 
 
Kézia Martins
12 - Como é a sensação de saber que as pessoas leem seu livro? E postam foto nas redes sociais e comentam sobre ele com os amigos e familiares? 

É clichê se eu falar que é incrível? Haha eu ainda fico meio boba quando alguém comenta que leu e gostou, ou quando vejo gente da minha cidade lendo o livro na plataforma. Uma vez uma leitora fez um trabalho de literatura sobre escritores nacionais e me citou. Pensa numa guria que ficou toda boba? haha

13 - O que te inspirou, qual foi a sua experiência ao escrever o seu livro.? Como surgiram os personagens? Você se inspirou em alguma pessoa que você conhece? 

Pra escrever esse livro me inspirei no meu irmão quando ele era mais novo, nas mentiras que ele insistia em contar. Mas ele não é nenhum personagem, é só a ideia inicial dele. Tem uma personagem no livro que é totalmente minha avó de tão fofa e meiga. Acho que nenhum personagem sai do nada, sempre existe uma pessoa real para nos apoiarmos. Algum amigo próximo, um desconhecido na rua, e por ai vai.

14 – Se o seu livro virasse um filme, qual seria a música que o representaria? 

A Beautiful Lie - 30 Seconds To Mars

Muito obrigada novamente Kézia , você deseja falar mais alguma coisa para os leitores e seguidores de Para Gostar de Ler e Para Gostar de Ler Brasil? 

Quero agradecer todo mundo que leu essa entrevista e que apoia a literatura nacional. Ela já cresceu muito. As Editoras estão aceitando mais autores do que antes e isso é ótimo e tudo graças a vocês, blogueiros, youtubers, leitores em si que divulgam nosso trabalho e comentam sobre ele. Obrigada por toda animação e curiosidade, obrigada pela sinceridade e pela constante motivação!

Ping-Pong:
Comida preferida: Pizza!
Estilo de roupa: Vestidos e saias longas.
Livro favorito: ​ ​Já citei aqui mas citarei sempre, Harry Potter.
Personagem literário que não sai do seu coração: ​ Ian Clarke, da serie Perdida.
Complete a frase: Homem bom é homem... que sabe ouvir.